Sol, muito sol!

O tempo aqui em Londres não pára de me surpreender! Os últimos três dias foram tão ensolarados que eu estou até moreninha! Ninguém vai acreditar que eu estive em Londres! 😀

Aproveitando esse tempo lindo e a quantidade de parques e áreas verdes que essa cidade abriga, fui conhecer uma área chamada Green Chain, ou corrente verde. Fica no sudeste de Londres, depois de Greenwich e consiste de vários parques, florestas e jardins, interligados, extendendo-se por vários quilômetros.

Mas o passeio não começou muito verde! Quando subi do metrô, dei de cara com a arena O2, um espaço de shows que foi construído na virada do milênio. Em conjunto com os prédio em Canary Warf, a vista é da Londres moderna, não da cidade-jardim.

Logo em seguida, a barreira do Tâmisa fez o meu lado engenheira pular de alegria!

Parecia um pedágio no meio rio! Gigante e meio alienígena! Mas a barreira faz mais do organizar o tráfego no rio, ela serve de proteção. Como o Tâmisa tem uma maré bem forte, que varia a altura do rio em até 7m, a possibilidade de uma inundação em Londres por causa da maré é real. A barreira ajuda a controlar essa elevação e protege a cidade.

Passado esse momento estruturas-metálicas-gigantes, eu finalmente encontrei a cadeia verde e passei algumas horas perambulando. Sempre fico fascinada pela facilidade que você tem de se sentir no meio do mato. Mesmo estando dentro de Londres, bem longe da estação final do metrô, por exemplo, o verde não me deixava acreditar que estava no meio de uma metrópole!

E cada novo parque significa uma nova descoberta botânica! Já encontrei um sem-número de plantas e flores que não conhecia. A de hoje é essa aí… se alguém souber o nome, eu agradeço! 😀

Além disso, os bichinhos nunca perdem seu espaço comigo! Eu ainda fico besta toda vez que encontro animais silvestres passeando como se nada estivesse acontecendo!

Além disso, como sempre acontece por essas bandas, do meio do nada, surge uma estrutura antiga, como essa torre d’água!

Quando encontrei um gramado bem verdinho, recém-aparado, com aquele cheirinho delicioso, eu peguei meu livro e passei o resto da tarde lendo! Tirei o tênis, pés passeando pelo verde, solzinho… ah, como vou sentir falta daqui!!! 😀

ps: se alguém quiser uma sugestão de livro, aí vai a minha: To Kill a Mockingbird, da autora Harper Lee. É uma bela história de família, infância, com direito a um julgamento, um vizinho misterioso e é claro, preconceito racial, já que a história se passa no Alabama dos anos 30!

Anúncios

2 Responses to “Sol, muito sol!”


  1. 1 narolhope maio 20, 2008 às 7:23 am

    Oie muito legal seu blog
    Vc mora na Europa?
    Adorei seu diário de bordo

  2. 2 Mateus Henrique agosto 2, 2012 às 4:55 pm

    nossa, ler isso tudo so me deixou com mais vontade de conhecer essa cidade magnifica


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Total de...

  • 196,484 visitas... ou viagens!!!

%d blogueiros gostam disto: